• Crédito: Divulgação

    Skyline de Auckland

  • Crédito: Divulgação

    Vista aérea de Auckland

  • Crédito: Divulgação

    Ferry que segue para as ilhas

  • Crédito: Paulo Basso Jr.

    Bungee jump na Auckland Harbour Bridge

2 DIAS EM AUCKLAND


PORTA DE ENTRADA DA NOVA ZELÂNDIA, CIDADE TEM ATMOSFERA COOL E BOAS OPÇÕES GASTRONÔMICAS

1 º dia +

Mapa da sua rota

Compras, passeio de barco e vida noturna

– Passeie pela Queen Street, rua que concentra as principais vitrines da cidade. Lá tem shopping, supermercado e lojas de grife e suvenires.

– Entre os produtos mais procurados estão kwis, passarinho que é símbolo da Nova Zelândia, camisas dos All Blacks – a melhor seleção de rúgbi do planeta e orgulho nacional –, cosméticos feitos a base de um mel chamado Manuka e máscaras maoris, o povo originário dos polinésios que primeiro habitou a região.

– Na marina de Auckland, diversas agências oferecem tours pelas águas que banham a região. Entre os passeios mais procurados estão os de barco à vela. Durante o percurso, é possível até comandar a embarcação por alguns instantes. Mas gostoso mesmo é, no restante do tempo, apreciar o skyline moderno da cidade.

– Para quem curte aventura, dá tempo de seguir até a Auckland Harbour Bridge, ponte da qual a galera salta de bungee jump a 47 metros de altura.

– Caso busque por algo mais tranquilo, vá ao final da tarde curtir o pôr do sol no Mount Eden, onde há uma cratera de um vulcão extinto da qual se tem uma vista de 360º da região.

– A noite é extremamente agradável na Viaduct Harbour District, região revitalizada do porto. Ali há restaurantes de todos os tipos, de sorveterias a bistrôs transados. O local também concentra uma série de bares para quem quer namorar ou conhecer alguém.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.
2 º dia +

Mapa da sua rota

Praias em Waiheke e Skytower

– Pela manhã, volte à marina de Auckland e pegue um ferry para a ilha de Waiheke. O percurso dura cerca de meia hora.

– Em Waiheke é possível passar um dia agradável em meio a praias quase sempre desertas banhadas por águas cristalinas. Em algumas delas há simpáticas pousadas e bons restaurantes.

-Após o almoço, visite o Dead Dog Bay, um jardim com esculturas belíssimas. É uma delícia para relaxar

– Conheça algumas das oliveiras e vinícolas da região e deguste os deliciosos azeites e vinhos neozelandeses.

– No fim da tarde, retorne para Auckland e vá até a Sky Tower. A torre, com 328 metros de altura, é visível de diversos pontos da cidade.

– Suba até o observatório, de onde se tem uma vista de 360 graus da cidade e arredores. Os mais radicais podem até saltar de bungee jump ou caminhar pelo lado de fora da torre preso apenas por uma corda e mosquetão a 192 metros de altura.

* Todos os roteiros indicados foram visitados pela equipe de reportagem do Rota de Férias.

Serviços

Restaurantes+

Ortolana (http://www.britomart.org/ortolana)

Este elegante bistrô prepara carnes de cordeiro de dar água na boca. Destaque também para as entradas, como os ceviches de peixes locais.

The Foodstore (http://www.foodtv.co.nz/44/the-foodstore)

Famoso, este restaurante recebe diversos chefs da Nova Zelândia. Na casa, eles preparam pratos que são exibidas em um programa de TV local. Frutos do mar e carnes de porco, vaca, veado e cordeiro recheiam o menu.

Milse (http://www.britomart.org/milse)

Guarde um espaço para a sobremesa e siga para esta casa. Ali é possível provar doces de abóbora, beterraba e outros ingredientes inusitados misturados a sorvetes e chocolates, muitos deles preparados com nitrogênio líquido. Não saia de lá sem experimentar alguns macarrons.

Hotéis+

Sofitel Auckland Viaduct Harbour (http://www.booking.com/hotel/nz/viaduct-harbour.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-nz-viaductNharbour-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=f70de9396a9ce021c000f9fa7b807623;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Com quartos amplos e confortáveis e um bom café da manhã, fica bem localizado, perto das principais atrações da cidade.

Rendezvous Grand Hotel Auckland (https://www.tfehotels.com/brands/rendezvous-hotels/rendezvous-hotel-auckland)

Uma das vantagens deste hotel é ficar perto da Queen Street, a rua mais comercial da cidade. Fora isso, tem quartos agradáveis e bons restaurantes.

Oyster Inn (http://www.booking.com/hotel/nz/the-oyster-inn.pt-br.html?aid=356986;label=gog235jc-hotel-XX-nz-theNoysterNinn-unspec-br-com-L%3Axb-O%3AwindowsS7-B%3Achrome-N%3AXX-S%3Abo-U%3AXX;sid=f70de9396a9ce021c000f9fa7b807623;dist=0&sb_price_type=total&type=total&)

Caso queira passar a noite em Waiheke, este misto de pousada-butique e restaurante tem quartos singelos e fica a poucos passos de uma bela praia.

Dicas e curiosidades+

Maior cidade

Auckland fica na Ilha Norte, a mais populosa, porém menos turística da Nova Zelândia. É a maior do país, mas não se confunda: a capital é Wellington.

Folha prateada

Uma vez na Nova Zelândia, você verá muitos produtos marcados pela folha prateada (silver fern) s. Trata-se de uma espécie de samambaia gigante com folhas que têm um tom prateado na face posterior.

Vinhos

Com condições climáticas semelhantes às da França, a Nova Zelândia produz ótimos rótulos, principalmente de pinot noir e sauvignon blanc.

Booking.com