Crédito: Divulgação

Cusco vai celebrar tradicional festival inca no próximo sábado (24/6)

22 de junho de 2017

Por Maria Beatriz Vaccari

No próximo sábado (24/6), a cidade de Cusco, no Peru, vai celebrar o tradicional festival Inti Raymi. A celebração, que antigamente durava nove dias (começou a ser comemorada no dia 24 de junho em 1944), é uma das mais famosas do calendário inca e faz homenagens ao Inti (Deus Sol). O sítio arqueológico Sacsayhuamán (a aproximadamente 2 km da cidade) também receberá eventos ligados à celebração.

LEIA MAIS: 3 dias em Cusco e Machu Picchu
Machu Picchu muda horários de visita a partir de julho

Os antigos incas se consideravam filhos do Deus Sol. Todos os anos, eles organizavam a Festa do Sol, realizada entre o final do período de colheita e o início do equinócio de inverno dos Andes. Com oferendas e sacrifícios, agradeciam pela colheita de milho do ano e pediam para que as plantações do próximo ano fossem bem-sucedidas.

Em Cusco, é possível assistir à festa gratuitamente. Em Sacsayhuamán, é preciso pagar US$ 150 (para turistas) ou US$ 100 (para nativos) para ocupar um lugar na arquibancada. Confira a programação completa:

Cusco
– Qorikancha (Templo do Sol) – 9h: O Inca Pachacuteq dá a ordem para iniciar a grande cerimônia de oferenda à Pachamama (Mãe Terra) e ao sol. O Willaq Uma, em meio a orações e hinos de oferendas em quechua (idioma Inca), oferece ao Sol o “mullu”, composto por réplicas de pequenas esculturas, belas obras de arte folheadas em ouro, prata, bronze, pedra e conchas marinhas. Em seguida, o Inca Pachacuteq ordena a transferência de sua comitiva para a Plaza de Armas.

– Plaza de Armas – 10h: Durante o período Inc,  a cerimônia do Inti Raymi era realizada no grande palco ou plataforma cerimonial, localizado no meio da atual Plaza de Armas. Na versão atual, se realiza o “Rito da Coca” e o “Encontro dos Tempos” entre o Inca e o prefeito da cidade. Na chegada do Tawantinsuyo e toda sua comitiva de quase mil personagens, assim como na saída majestosa ao término da cerimônia, rolam  muitos aplausos da população local e milhares de visitantes.

Saqsaywaman
– 13h30: No Chukipampa, esplanada construído em 3.555 metros acima do nível do mar, ocorre a cerimônia contemporânea do Inti Raymi com as seguintes etapas: encenação final – atos, local cerimonial, aviso dos 4 Suyus ou regiões (Qollasuyu, Kuntisuyu, Antisuyu e Chinchaysuyu), rito da chicha e rito do fogo sagrado.