Conheça as principais companhias aéreas brasileiras

29 29-03:00 julho 29-03:00 2019

Por Maria Beatriz Vaccari

A Avianca Brasil, uma das principais companhias aéreas brasileiras, entrou com um processo de recuperação judicial em dezembro de 2018. Endividada, a empresa perdeu a concessão aérea em maio deste ano. A previsão é de que ela encerre suas operações em breve, já que vendeu boa parte de seus ativos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Com o fim da Avianca Brasil, o País terá três companhias aéreas brasileiras com voos nacionais: Gol, Azul e Latam. Vale destacar que a última é uma fusão entre as empresas Tam (brasileira) e Lan (chilena), que se tornaram uma só em 2012.

Principais companhias aéreas brasileiras

A Latam é a mais antiga companhia aérea brasileira que ainda está na ativa. A história da empresa começou na década de 1960, quando um grupo de pilotos de monomotores de Marília, no interior de São Paulo, criou a Taxi Aéreo Marília (TAM), que transportava cargas e passageiros em São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul.

Com o passar dos anos,  a Taxi Aéreo Marília foi crescendo acabou sendo vendida. Em 1976, nasceu a TAM Linhas Aéreas, que se tornou uma das principais companhias aéreas brasileiras e hoje é conhecida como Latam.

A Gol Linhas Aéreas começou a operar voos em 2001. Sua primeira rota foi feita por um Boeing 737-700, que decolou do Aeroporto de Brasília em direção ao Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Caçula do grupo, a Azul é uma das companhias aéreas brasileiras baratas para quem busca tarifas com preços atrativos. Segundo o site oficial, a empresa voa para 100 destinos, com 792 decolagens diárias. Vale destacar que, assim como a Gol e a Latam, a Azul trabalha com rotas nacionais e internacionais.

LEIA MAIS: VAI VIAJAR DE AVIÃO? CONHEÇA ALIMENTOS QUE DEVEM SER EVITADOS
CHUVEIRO NO AVIÃO E MOTORISTA PARTICULAR: VEJA COMO É A PRIMEIRA CLASSE DA EMIRATES

Companhias aéreas brasileiras antigas

Muitos brasileiros ainda se lembram da Varig (Viação Aérea Rio-Grandense), que chegou a ser uma das maiores companhias aéreas do mundo. Ela surgiu no final da década de 1920 e, após anos de glória, pediu recuperação judicial em 2006. No ano seguinte, foi comprada pela Gol.

A VASP (Viação Aérea São Paulo) também foi um grande destaque nacional. A companhia surgiu nos anos 1930, foi estatizada, voltou a ser privada e encerrou suas atividades em 2005. Transbrasil, Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul e Panair do Brasil são algumas outras empresas que operaram voos nacionais e não resistiram ao mercado.

Companhias aéreas brasileiras: lista de aviões 

Na galeria, confira as aeronaves usadas pelas companhias aéreas brasileiras: