Crédito: Photo on VisualHunt

Como fazer um roteiro de viagem completo

21 de março de 2018

Por Paulo Basso Jr.

Montar um roteiro de viagem é algo que pode ser bastante prazeroso, mas requer alguma dedicação: respeitar os interesses das pessoas que estarão contigo, caso viaje acompanhado, estudar o destino e fazer reservas com antecedência pode ser a chave para ganhar tempo, economizar um bom dinheiro e aproveitar as férias ao máximo.

LEIA MAIS: OVERBOOKING, PERDA DE PASSAPORTE, VOO ATRASADO: O QUE FAZER?
CONHEÇA OS DIREITOS DOS PASSAGEIROS DE VOOS CANCELADOS OU ATRASADOS

Como fazer um roteiro de viagem

Para onde viajar nas férias?

Shutterstock.com

Para destinos mais afastados, como Miami, nos EUA, o ideal é ter mais de uma semana disponível

O primeiro passo na hora de montar um roteiro de viagem é adequar o período em que você terá dias livres ao destino escolhido. Se tiver pouco tempo, é melhor viajar por perto e escolher um destino brasileiro. Com mais de quatro dias já dá para ir para algum lugar da América do Sul, e uma semana ou mais é indicado para Estados Unidos, Europa e outros lugares do mundo.

Quando ir

Na maioria dos lugares, os períodos de intertemporada, como outono e primavera, apresentam preços mais em conta no que diz respeito a hospedagem, atrações, passagens e por aí vai.

Shutterstock.com

De novembro a fevereiro neva em muitos países do Hemisfério Norte

O verão e o inverno são marcados por períodos de férias escolares, o que leva muita gente a viajar – e, consequentemente, eleva os preços. A alta temporada no Hemisfério Norte, por exemplo, vai de 16 de junho a 16 de agosto, o período mais quente da região.

Temperatura e fenômenos naturais

Identifique, por exemplo, se é verão ou inverno no local que você deseja ir, e se isso está de acordo com os seus interesses.

Além disso, os lugares em que vivem muitos animais, como o Pantanal e arredores, bem como as regiões de safári na África, mudam muito de acordo com as temporadas de chuvas. Lençóis Maranhenses, Fernando de Noronha e Manaus são outros destinos que mudam completamente nas épocas alagadas ou secas.

Shutterstock.com

Fuja do período dos furacões no Caribe

Também é preciso ficar atento com a incidência de fenômenos meteorológicos: boa parte do Caribe, por exemplo, está sujeita à passagem de furacões entre o fim de junho e o começo de novembro.

Respeite os acompanhantes

Viagens em grupos de amigos costumam ser diferentes de férias em casal ou com crianças. Portanto, caso monte um roteiro de viagem acompanhado, respeite as vontades de todos.

Divulgação

Respeite as vontades de todos os acompanhantes para ninguém se decepcionar

Não adianta viajar com crianças, por exemplo, e programar dias longos de compras ou longas caminhadas. Eles precisam do tempo deles, seja na hora de descansar, seja na hora de brincar. Entenda, portanto, o gosto de todos que estão contigo na hora de fazer o roteiro de viagem.

Documentos

É importante checar se o destino escolhido, caso seja no exterior, exige passaporte ou visto. A partir daí, tente providenciar todos os documentos o quanto antes, para evitar imprevistos.

Caso viaje com crianças, cheque também todas as obrigações, como autorização de um dos pais e documentos pessoais.

Carteira de habilitação e permissão internacional para dirigir também devem ser checados na hora de fazer um roteiro de viagem.

Se for o caso, ande também com todas os vouchers, ingressos, passagens e reservas impressos ou salvos no celular. Não saia de casa antes de fazer um check list completo e detalhado de tudo que precisa.

Vacinas e seguros

Cheque a exigência de vacinas

Na hora de fazer o roteiro da viagem é importante também consultar as exigências do destino em relação a vacinas (confira os países que exigem a vacina de febre amarela) e também seguros de viagem.

O Tratado de Schengen, por exemplo, permite que viajantes do mundo inteiro circulem livremente entre boa parte dos países da Europa, desde que tenham um plano de assistência de viagem com cobertura médica de no mínimo 30 mil euros.

Transporte

Photo on Visual hunt

O táxi pode sair caro: cheque antes de viajar

A locomoção no destino é um item muito importante na hora de fazer o roteiro de viagem. Pense em como escolher o melhor meio de transporte. Você vai se locomover por lá caso não viaje de carro. Quanto custa o táxi, por exemplo? Tem transporte público? Uber? Vale a pena alugar um carro? Faça pesquisas com antecedência e considere isso nas planilhas de gastos.

Finanças

Faça pesquisas na internet e com amigos para saber quanto custa ir para o local desejado. É difícil não haver algum imprevisto na viagem, seja na hora de adaptar algo do roteiro ou então naquela vontade extra de comprar uma lembrancinha a mais.

Use sites como o Quanto custa viajar para traçar uma média diária de gastos, faça uma reserva e viaje com tranquilidade.

Você também pode montar um roteiro de viagem no Excel ou usar ferramentas online como a Cálculo Exato para deixar tudo bem organizado.

Cartão ou dinheiro?

Photo on Visual hunt

É sempre bom andar com um pouco de dinheiro do país que irá visitar

Caso vá para o exterior, cheque também se vale a pena levar dinheiro do país escolhido, cartão de crédito ou cartão pré-pago, de acordo com as taxas cobradas. Não se esqueça de desbloquear os cartões de crédito antes de viajar.

Comunicação

Ligações de telefones comuns costumam ser caras quando se está longe, principalmente no exterior. Opte então por usar programas como o WhatsApp.

Cheque com a sua operadora de telefonia quanto custa um plano de dados no período que estará fora. Há ainda uma opção mais econômica, que é usar o Easysim4u, chip telefônico que oferece ligações ilimitadas para mais de 140 países.

Programa para montar roteiro de viagem

Depois que tudo estiver definido, dá para criar roteiros de viagem grátis com programas e apps.

Pesquisa de voos online

Photo on Visualhunt

Apps facilitam a vida na hora de pesquisar os preços dos voos

Há muitos apps que auxiliam na pesquisa de preços de voo, com destaque para o Google Flights, SkyScanner, Decolar.com e Kayak. Em alguns deles dá para colocar alertas e ser avisado quando os preços caem no período em que você deseja viajar. Portanto, vale a pena fazer as pesquisas com antecedência.

Apps das companhias

Muitas companhias aéreas e de cruzeiros contam com apps, que oferecem opções de visualização de reservas, alertas de check in e entretenimento a bordo. Vale a pena baixá-los no celular.

Fique de olho também se os destinos que você irá visitar conta com apps de ajuda ao turista. É o caso dos parques de Orlando, por exemplo, que facilitam bastante a vida do viajante.

Pesquisa de hotéis e restaurantes online

Paulo Basso Jr.

Apps com fotos de usuários comuns ajudam a identificar os lugares

Dá mesma forma que ocorre com os voos, há diversos apps de roteiros de viagem para pesquisar hotéis. Entre eles, destacam-se Booking e TripAdvisor, que permitem reservas e revelam classificações de acordo com as experiências das pessoas. Outro app que pode ajudar na hospedagem é o Airbnb.

Planejador de viagem online

O melhor planejador de viagem online é o Google Maps. Com ele dá para criar roteiros de viagem grátis e salvar mapas offline para usar no destino, mesmo que não tenha um plano de internet.

Outros apps do Google, como Street View, Tradutor, Trips e Photos, auxiliam bastante na hora de criar os roteiros de viagem.

Como criar roteiro de viagem: app

O Birdymee é mais app interessante para montar roteiro de viagem é. Ele funciona de forma colaborativa, sendo possível acessar roteiros de viagem já prontos ou montar o próprio.

Com tudo bem organizado, é hora de curtir a viagem como você merece: aproveitando cada segundo.

Arte: Carol Galhardo

Guia completo para você se programar