Crédito: Divulgação

Centro do Chile: como aproveitar o vinho e a natureza

17 de setembro de 2019

Por Redação

Um belo roteiro pelo Centro do Chile pode harmonizar degustação de vinho com muito natureza. Em Santiago, a capital do país, o passeio junta parques e relaxamento ao ar livre. Depois, a viagem segue até a litorânea Valparaíso, com uma passada por Isla Negra, para conhecer a casa-museu de Pablo Neruda. No caminho, vale a pena visitar os vales onde são produzidos alguns dos melhores rótulos chilenos.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

Divulgação
A região conta com muitas opções de passeios em meio a natureza | Divulgação
A região conta com muitas opções de passeios em meio a natureza

Centro do Chile

A viagem pode começar pelo Parque Metropolitano de Santiago, um dos maiores parques urbanos do mundo, com cerca de 720 hectares — para se ter uma ideia do tamanho, o Central Park de Nova York ocupa uma extensão de 340 hectares.

Do Cerro San Cristóbal, 300 metros acima da capital chilena, tem-se uma linda vista panorâmica da cidade. Outro monte, Cerro Santa Lucía, mostra o passado do país entre diversas espécies de árvores. A 70 metros de altura, a construção colonial inclui o Castillo Hidalgo, o Jardín Circular e as terrazas Neptuno e Caupolicán.

LEIA MAIS: BRASILEIROS NO CHILE: NOVOS VOOS FACILITAM CHEGADA DE TURISTAS
TURISMO DE AVENTURA NA AMÉRICA DO SUL: ATRAÇÕES NO CHILE

Divulgação
Harmonizar degustação de vinho com muito verde é uma das opções | Divulgação
Harmonizar degustação de vinho com muito verde é uma das opções

Atividades na natureza

Quando o assunto é área verde, o que não faltam são opções em Santiago. Há locais indicados para caminhadas, piqueniques e passeios de bicicleta. Os parques marcam presença nos bairros, como o Bicentenário, em Vitacura, o Araucano, em Las Condes, o Florestal, no centro histórico, e o Parque de las Esculturas, na Providência.

Os passeios pelo Chile seguem em direção aos vinhedos e ao mar. Entre a Cordilheira dos Andes e o Oceano Pacífico, os vales na região central do país dão origem a muitos dos saborosos vinhos locais. Visitar vinícolas de Casablanca é uma das formas de enriquecer os aromas e sabores da viagem.

Divulgação
O local conta com boas opções de hospedagem | Divulgação
O local conta com boas opções de hospedagem

Hospedagem

A pouco mais de uma hora de Santiago, a Vinícola Matetic e seu hotel-boutique, La Casona, contam com uma atmosfera ideal para vivenciar a viticultura do Chile. Tours com degustação e excursões a pé pela propriedade de 9 mil hectares apresentam a agricultura orgânica e biodinâmica do local.

Os dez quartos da propriedade, batizados com nomes de castas de uvas, oferecem vista para os vinhedos e para os jardins.  Já o restaurante Equilibrio, que teve seu menu reformulado, valoriza a culinária regional dando um toque gourmet às receitas.

Divulgação
Além da natureza, o Centro do Chile conta com passeios culturais | Divulgação
Além da natureza, o Centro do Chile conta com passeios culturais

Atração cultural

A 50 minutos dali, a região litorânea de Valparaíso e Viña del Mar é um saboroso desfecho para a viagem pelo Chile. Além disso, vale visitar Isla Negra, o povoado no Pacífico que inspirou Pablo Neruda – a casa onde o poeta viveu até sua morte virou um interessante museu sobre o artista.

Depois, os turistas podem desfrutar de praias como Reñaca, na costa de Viña del Mar, e das cores de Valparaíso, com suas ladeiras, mirantes e rica gastronomia.

Fotos do Chile 

O Chile é um destino com regiões para todos os tipos de viajantes. Tem cidade urbana, arquipélago cheio de natureza, deserto, lagos e até estações de esqui para quem quer se divertir na neve. O Rota de Férias preparou uma galeria recheada de fotos do Chile, que mostra os destinos mais incríveis do país. Confira: