Crédito: Visualhunt.com

Categorias de hotéis: entenda a classificação por estrelas

27 de fevereiro de 2018

Por Redação

Duas, três, cinco estrelas… As categorias de hotéis, que em geral remetem a status, estão entre as armas de marketing mais poderosas que esses estabelecimentos usam para atrair viajantes. Mas é fato, porém, que muita gente não sabe o que significa essa constelação toda e como escolher onde ficar a partir daí.

Outra dúvida comum é identificar os tipos de hospedagens que existem. Em quase todas as partes do mundo não há apenas hotéis, mas também resorts, pousadas, flats… E cada um tem suas particularidades.

LEIA MAIS: TURISMO EM ISRAEL: GASTRONOMIA, ESPORTE, CULTURA E RELIGIÃO
CONHEÇA GARMISCH-PARTENKIRCHEN, JOIA DOS ALPES ALEMÃES

De acordo com o Ministério do Turismo, as métricas adotadas para atribuir serviços oferecidos a cada estrela concedida aos estabelecimentos devem seguir o Sistema Brasileiro de Classificação de Meios de Hospedagem – 0 SBClass. Já a definição do tipo de hospedagem parte de uma avaliação do Inmetro.

Estrelas nas categorias de hotéis

No Brasil, estabelecimentos como hotéis e pousadas podem receber de uma a cinco estrelas. Os resorts, por sua vez, têm que partir de, no mínimo, quatro estrelas, enquanto os flats devem ter pelo menos três. Serviços de recepção, troca de cama e aparelhos eletrônicos são algumas das exigências comuns a todos eles.

Já os hostels, ou albergues, tendem a ser mais simples. Em alguns casos, podem até dispensar alguns serviços, como a troca de cama.

Divulgação
O Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, é um dos hotéis cinco estrelas no Brasil

1 estrela

Na categoria de hotéis com uma estrela, café da manhã, troca de roupa de cama em dias alternados e estacionamento são tarefas obrigatórias para pousadas e hotéis – incluindo na modalidade fazenda. Outro requisito é ter a recepção aberta por, no mínimo, 12h e acessível por telefone 24h.

O café da manhã é um dos serviços que as categorias de hotéis uma estrela devem oferecer

Diferentemente da pousada, o hotel uma estrela deve oferecer aos clientes banheiro privativo e serviço de guarda-valores (como um cofre). Outra diferença entre os tipos de hospedagem é que o quarto de hotel deve ter metragem mínima de nove metros quadrados, enquanto as acomodações das pousadas não têm que cumprir essa obrigação.

Nos hotéis-fazenda, restaurantes e área de estacionamento são requisitos exigidos até para os estabelecimentos com uma estrela. Além disso, é necessário oferecer aos clientes instalação para criação de animais e culturas diversas – pomares, hortas e flores.

2 estrelas

Algumas comodidades a mais são oferecidas aos clientes desta categoria de hotéis. É necessário, por exemplo, aceitar cartões de débito e crédito como forma de pagamento. No caso do hotel, uma sala de estar com televisão deve ficar à disposição dos hóspedes.

Hotéis-fazenda precisam oferecer espaços verdes aos hóspedes

Outra particularidade é o tamanho do quarto de hotel, que deve ter no mínimo 11 metros quadrados. Na modalidade-fazenda, o estabelecimento deve oferecer serviço de alimentação disponível para café da manhã, almoço e jantar.

3 estrelas

A partir dessa classificação, a pousada e o hotel devem oferecer serviço de troca de roupa de banho diariamente, além dos benefícios obrigatórios de quem tem uma ou duas estrelas. Ambos os estabelecimentos, incluindo o hotel-fazenda, precisam ter quartos climatizados com ar-condicionado.

A partir de três estrelas, os hotéis devem oferecer berço às crianças

Detalhes como refrigerador e televisão para cada quarto são algumas exigências desta categoria de hotéis. A pousada e o hotel-fazenda precisam oferecer berço às famílias acompanhas de crianças e, no caso do último estabelecimento, facilidades como cadeiras mais altas em restaurantes e aquecimento para mamadeiras.

Para os flats três estrelas, algumas das exigências são quartos com banheiro, frigobar e ar-condicionado, além de recepção 24h e troca de roupas de banho diária. O local também deve oferecer acesso à internet ao menos nas áreas sociais.

4 estrelas

Os resorts começam a ser classificados a partir de quatro estrelas. A definição desse tipo de estabelecimento, segundo o Ministério da Cultural, é a de um hotel com infraestrutura de lazer e entretenimentos, com serviços como recreação, estética e atividades físicas. Sempre com muito verde em volta e a característica de um destino em si, e não apenas uma base de hospedagem.

Resorts são avaliados com, no mínimo, quatro estrelas

A lista de exigências é longa, mas os principais requisitos aos resorts quatro estrelas incluem: colchões com dimensões superiores às tradicionais, trocas de roupas de cama e banho diariamente e serviço de comidas e bebidas no quarto. No local, deve haver pelo menos dois tipos diferentes de piscinas e saunas.

Para os hotéis, a classificação de quatro estrelas requer serviços de quartos e acomodações maiores (15 m²), bem como estacionamento com manobrista.

As pousadas contam com exigências similares e ainda devem apresentar instalações para recreação infantil.

O flat classificado com quatro estrelas, por sua vez, tem de  incluir no rol ofertas aos clientes espaços como salas de ginástica e musculação, com equipamentos. Além disso, os hóspedes devem encontrar quartos e banheiros maiores.

5 estrelas

Cincos estrelas é a classificação máxima entre as categorias de hotéis brasileiros estabelecidas pelo Ministério do Turismo. Entre hotel convencional, fazenda, pousada e resort, as diferenças se concentram em comodidades – roupões, serviços de quarto 24h e outros tratamentos personalizados.

Divulgação
Arraial d’Ajuda Eco Resort é um dos resorts brasileiros em Porto Seguro

Hotéis e resorts cinco estrelas precisam oferecer serviço de concierge aos hóspedes. Trata-se de um atendimento individualizado, que vai desde indicar roteiros de acordo com o gosto do cliente até a reserva e traslado a um restaurante específico. Além disso, televisões e canais por assinatura devem equipar 100% dos quartos.

Acomodações maiores e com serviços diferenciados são características na categoria cinco estrelas. Ambiente de acesso comum dos hóspedes também ganham mais acesso, como sala de jogos e três tipos de piscinas. Também pode haver spas, restaurantes estrelados e outros ambientes sofisticados.

Consumidores x categorias de hotéis

O governo brasileiro conta com um Cadastro Oficial dos Prestadores de Serviços Turísticos (Cadastur). Uma das orientações do Procon aos hóspedes é certificar-se de que o estabelecimento escolhido seja registrado no órgão. As unidades hoteleiras que fazem parte dele devem seguir as exigências do Ministério do Turismo.

O Rota de Férias entrou em contato com o Cadastur para saber o que os hóspedes podem fazer caso identifiquem algum item faltante no hotel em relação à categoria.

Por meio de nota, o órgão respondeu que “o cliente pode reclamar os seus direitos junto ao meio de hospedagem, bem como aos órgãos de defesa do consumidor caso verifique a ausência de algum item exigido na matriz para classificá-lo conforme a classificação que informou ter”.