10 castelos para visitar na República Checa no inverno

7 de fevereiro de 2020

Por Redação

Durante o inverno, muitos palácios e fortes ficam fechados na República Checa por causa do frio e da neve. Entretanto, algumas atrações históricas permanecem abertas aos visitantes que desejam explorar mais a cultura desses monumentos incríveis. Confira uma lista com 10 castelos para visitar na República Checa durante a estação mais fria do ano.

LEIA MAIS: SAIBA COMO É SE HOSPEDAR EM CASTELOS NA FRANÇA
CASTELOS INCRÍVEIS PARA CONHECER NO VALE DO LOIRE, NA FRANÇA

Castelos para visitar na República Checa

Castelo de Praga

O Castelo de Praga , um dos maiores complexos de castelos do mundo, não fecha durante o inverno. É possível visitar, por exemplo, o Antigo Palácio Real, a Basílica de São Jorge, a Galeria do Castelo de Praga, bem como os Estábulos Imperiais, com exposições, ou a Catedral de São Vito. O horário de visita geralmente termina às 16h.

Castelo Křivoklát

O Castelo Křivoklát, na Boêmia Central, serviu como residência representativa dos reis tchecos. Alguns dos quartos do local se destacam, como a biblioteca que tem mais de 52 mil volumes, a sala de tortura com seus  instrumentos e a prisão. No inverno, o castelo fica aberto apenas nos fins de semana.

Castelo Karlštejn

O majestoso castelo Karlštejn fica perto de Praga. Ele foi construído pelo imperador Carlos IV, como uma residência para depositar as joias da coroa checa e coleções de relíquias sagradas, além de receber visitantes de honra. No inverno (de sexta a domingo), é possível visitar as áreas particulares e representativas do imperador Carlos IV.

Palácio Mníšek pod Brdy

O palácio construído em estilo clássico, localizado na cidade de Mníšek pod Brdy, na Boêmia Central, serviu de residência aristocrática e foi habitado até meados do século 20. Durante a visita guiada, o visitante passa pelas salas de representação e os aposentos privados dos últimos proprietários. O melhor momento para visitar a atração é no fim de semana. Não é necessário reservar, a menos que sejam mais de cinco pessoas

Palácio Dobříš

Os esplêndidos interiores do Castelo Dobříš, na Boêmia Central, não decepcionam os amantes da história e da arte. O palácio oferece 11 quartos em estilo rococó e clássico. Até hoje, o prédio pertence à família Colloredo-Mansfeld e pode ser visitado todos os dias, exceto às segundas-feiras. Ele fica aberto o ano inteiro e oferece opções de hospedagem.

Castelo Loket

Localizado na Boêmia Ocidental, o castelo gótico de Loket é uma das fortalezas mais bonitas da República Checa. Ele foi construído sobre uma rocha alta e o rio Ohře. A enorme coleção de porcelana as armas históricas figuram entre as principais atrações do local. Na região, é possível ver um meteorito que caiu em Loket no ano de 1422. No inverno, o castelo abre todos os dias até as 16h.

Castelo Rožmberk

O castelo medieval Rožmberk, no sul da Boêmia, fica sobre uma rocha acima do rio Moldava e forma um extenso complexo. No circuito de visitas de inverno, é possível entrar nos aposentos da família do condado de Buquoys, os últimos donos do castelo. As excursões de inverno são realizadas de terça a sexta-feira, às 11h e às 13h.

Palácio Hluboká nad Vltavou

O romântico palácio Hluboká nad Vltavou, no sul da Boêmia, está entre os castelos mais bonitos da República Checa. No circuito de inverno, o viajante passar pelas suítes privativas das últimas gerações do Schwarzenberg, a sala de jantar do caçador e o aposento de preparação de alimentos. O palácio tem uma relíquia técnica: o elevador pessoal e de carga. A fortificação também está aberta no inverno, todos os dias, exceto às segundas-feiras.

Český Krumlov

Quem vai a Český Krumlov, no sul da Boêmia, no inverno vê o palácio fechado. Entretanto, é possível visitar o Museu do Castelo, na área do palácio, e se transportar para a era dos aristocratas de Krumlov, os Rožmberk, e outras personalidades da nobreza que residiam na cidade ao longo dos séculos. O local permite admirar retratos de aristocratas, escritos importantes e também curiosidades, como a bandeira fúnebre de Jan Kristián de Eggenberg.

Palácio Lednice

O palácio em Lednice, na Morávia do Sul, é um dos monumentos mais visitados da República Checa. Ele era a residência de verão da família de Lichtenstein. O palácio faz parte da área de Lednice e Valtice, que está registrada na lista do patrimônio mundial da UNESCO. Os visitantes poderão explorar as salas de representação, cheias de ornamentos e belíssimos móveis, que eram utilizados para organizar eventos sociais, festas e bailes de gala da nobreza europeia. No inverno, abre nos finais de semana, exceto no mês de janeiro.

Castelos e palácios mais lindos do mundo