Tags

O ponto de partida do seu roteiro de viagem.

Notícias

Brasileiros usam aplicativos para organizar viagens

Crédito: Visual hunt
9 setembro, 2016
POR: Maria Beatriz Vaccari

Algumas plataformas permitem que o viajante planejem suas próximas aventuras de forma mais prática. É o caso dos sites a aplicativos que vendem passagens aéreas, pacotes turísticos, reservas de hotéis e até tíquetes para atrações. Além do conforto de fazer tudo pela internet, é fácil encontrar promoções que podem influenciar bastante no valor total do passeio.

Em parceria com a empresa espanhola Netquest, a Associação Brasileira de O2O (ABO2O), realizou um estudo que analisa os hábitos de brasileiros que usam esses tipos de serviços por meio de apps em smartphones. A plataforma mais popular entre os viajantes é a Decolar. Ela é a preferência de 18,8% dos 2.500 entrevistados. Hotel Urbano, Trivago e Submarino Viagens dividem o segundo lugar (8,4%). Booking.com (2,4%), Sky Scanner (0,6%), Kayak (0,6%), Hotels.com (0,3%) e Expedia (0,3%) completam a lista dos mais usados.

Os preços, muitas vezes mais atrativos, chamam a atenção de 66,5% dos usuários brasileiros. Eles procuram os aplicativos de viagens com a intenção de economizar nas compras. 50,9% buscam as opções graças à eficiência do serviços.

A maioria dos entrevistados gasta entre R$ 100 e R$ 500 (55,3%) nas compras realizadas por meio de aplicativos. 29,2% desembolsam quantias entre R$ 501 e R$ 1.000. Reservas que custam entre R$1.001 e R$ 2.000 são menos comuns (10,6%), e as que ultrapassam R$2.000 se restringem a 5% dos usuários.

 

PLANEJE SUA VIAGEM

Chip viagem

Acesse internet e telefone de qualquer lugar do mundo

Confira aqui

AMERICA CHIP

Seguro viagem

Compare diversas empresas de uma só vez e compre com desconto

Contrate aqui

SEGUROS PROMO

Passagens aéreas

Os melhores preços para viajar no Brasil e no mundo

Compre aqui

SKYSCANNER

Reserva de hotéis

Encontre a melhor opção de hospedagem para você

Reserve aqui

BOOKING

Informativo

Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdos.