Bons destinos para quem ama música

31 de dezembro de 2017

Por Maria Beatriz Vaccari

Motivos para viajar não faltam, e um deles é sair em busca de seus ídolos e conhecer lugares relacionados a artistas ou gêneros musicais. Cidades como Seattle, terra do grunge, e Liverpool, onde surgiram os Beatles, reúnem museus, casas de famosos, fábricas de instrumentos e até visitas a estúdios de gravação. Confira as sugestões separadas pela equipe de reportagem do Rota de Férias:

LEIA MAIS: Viaje pelas músicas inspiradas em destinos de todo o mundo
Conheça os principais festivais de música ao redor do mundo

16450660366_4bb3da7296_h

Seattle é considerada a capital do grunge

Seattle

Seattle, nos Estados Unidos, é um prato cheio para quem quer turistar em uma das cidades mais importantes do mundo da música. O local é considerado o berço do grunge e revelou bandas como Nirvana, Soundgarden e Pearl Jam. Uma das principais atrações é o EMP Museum (Experience Music Project Museum), dedicado à musica, sci-fi e cultura pop.

Muitos fãs de Nirvana visitam e prestam homenagens na mansão em que o vocalista Kurt Cobain se suicidou. A casa fica próxima ao EMP e só pode ser observada por fora.

Nashville

Nashville, nos Estados Unidos, é conhecida como “cidade da música”. O local revelou estrelas do country norte-americano e também é a terra natal de grupos como Kings of Leon e The Dead Weather.

O Estúdio B da gravadora RCA, que já recebeu artistas como Elvis Presley, está aberto para visitação. Também dá para ir à calçada da fama, que presta homenagem a estrelas da música. O Country Music Hall of Fame and Museum fica logo em frente e é uma boa pedida para quem quer aprender mais sobre o estilo musical.

Nova Orleans

Também nos Estados Unidos, Nova Orleans tem uma bela história musical. Além de poder apreciar o som dos talentosos artistas de rua, é possível entrar em barzinhos e restaurantes que costumam tocar jazz ou blues. Os dois estilos se tornaram a marca registrada da cidade graças a artistas como Louis Armstrong e James Booker. E a lendária Bourbon Street é uma delícia, pura boemia.

5167182904_4eafb6d577_b

Fábrica de instrumentos da Gibson fica aberta para visitação em Memphis

Memphis

Elvis Presley e Justin Timberlake são alguns nomes que vieram de Memphis, nos EUA. Um dos passeios que mais chamam a atenção na cidade é a visita ao museu Graceland, que foi a casa de Elvis. Quem gosta do rei do rock não pode deixar de ir ao Sun Studio, local onde o artista gravou seu primeiro álbum. Os museus Stax Museum of American Soul Music e Memphis Rock ‘n’ Soul Museum também são opções bacanas para se informar sobre o universo musical, principalmente nos estilos rock e soul.

Os músicos de plantão já devem ter ouvido falar da marca Gibson. Ela conta com uma fábrica em Memphis, que pode ser visitada por turistas que querem acompanhar o processo de fabricação das belas e potentes guitarras elétricas.

Liverpool

De longe, os Beatles são as maiores estrelas de Liverpool, na Inglaterra. Os fãs do quarteto mais famoso do mundo podem começar suas aventuras pelo Beatles Story Museum. O local é dividido em duas alas: uma para contar a história da banda por meio de um museu e outra para explicar tudo com o simulador 4D. Locais que fizeram história nas músicas também são pontos turísticos da cidade. É o caso da rua Penny Lane e do terreno onde ficava o orfanato Strawberry Field. Isso sem contar o histórico Cavern Club, onde eles se apresentavam no início da carreira.

9091525493_45bbe667fd_b

Royal Albert Hall serve de palco para diversos shows musicais

Londres

Londres tem potencial para ser chamada de capital global da música. A cidade ajudou a promover artistas de diversos estilos musicais, como The Rolling Stones, The Kinks, Lily Allen, Amy Winehouse, Blur, The Clash, The Who, Queen, Bastille e Mumford & Sons. Vale a pena ir à rua Abbey Road, que ficou conhecida por ser capa de um disco dos Beatles. Dá até para juntar uma galera e tentar recriar o feito do grupo britânico na faixa de pedestres.

Outra atração bacana é o Royal Albert Hall, que é bonito por fora e por dentro. O teatro já serviu de palco para a gravação de shows de artistas, como Adele e The Killers. A noite londrina conta com uma variedade de apresentações musicais em tetros e também nos tradicionais pubs.

Viena

A cidade de Viena, na Áustria, é referência quando o assunto é música clássica. Nomes famosos como Mozart, Strauss e Beethoven viveram por lá. Os visitantes podem apreciar espetáculos musicais, óperas e até as canções tocadas por artistas mais simples em charmosos restaurantes e cafés. Não deixe de visitar a estátua dourada de Strauss, no Stadtpark.

Salzburg

Tudo nesta deliciosa cidade austríaca se refere ao seu filho mais ilustre: Mozart. O apartamento em que ele nasceu virou um museu e vive lotado de turistas, que se juntam para fotografar a fachada. A rua termina no cemitério em que está enterrada a irmã do compositor – há muitas dúvidas sobre o local de sepultamento de Mozart. Vale ainda visitar a igreja em que ele foi batizado e uma série de outros pontos históricos.

Leipzig

Durante o século 18, Johann Sebastian Bach foi kantor da igreja luterana de São Tomás nesta cidade alemã, próxima a Dresden. Tanto que há uma estátua dele em frente ao tempo, onde o artista está enterrado. Durante a vida, Bach não teve a carreira valorizada de forma devida. Foi depois da morte que descobriram a genialidade do compositor, que, com novos conceitos de afinamento dos instrumentos, revolucionou a história musical.