Crédito: Shutterstock

Aeroportos da Europa são campeões em reclamações de bagagem

10 de novembro de 2016

Por Maria Beatriz Vaccari

Preparar as malas para uma viagem de avião vai muito além de organizar mudas de roupas e acessórios. Tem gente que coloca tags, amarra fitas coloridas e até cola adesivos. Essas táticas ajudam bastante na hora identificação, mas não garantem que a bagagem vai chegar ao destino final como deveria. Os aeroportos que mais recebem reclamações em relação a problemas com malas são os da Europa.

Segundo a ComparaOnline, empresa online de seguros e produtos financeiros, 40% das reclamações abertas sobre extravio, perda, atraso ou furto de bagagens são registradas em aeroportos do Velho Continente. Na América, 19% das inconveniências com bagagens acontecem na parte do norte e 16% no sul. O continente mais eficiente é a Ásia, responsável por apenas 10% das ocorrências.

O extravio em conexões é o problema mais recorrente (45%), seguido do embarque não realizado (19%) e dos erros na emissão da passagem ou troca de bagagens (16%). 4% das reclamações são relacionadas a fatores como embarque errado e erros na chegada da aeronave ou na etiquetagem.