Tags

O ponto de partida do seu roteiro de viagem.

Especiais

7 maneiras de usar vídeos para engajar seu público

24 julho, 2021
POR: Redação

Usar fotos e posts escritos nem sempre são uma boa ideia, pois podem ser ignorados. Por isso, os vídeos surgem como uma alternativa excelente de conseguir a atenção do público nas redes sociais.

Além disso, estar em lugares como o Youtube pode ser muito importante para sua marca pessoal. Seu público começa a entender melhor sobre seu serviço e você educa sua audiência.

Hoje, vamos mostrar sete maneiras de usar vídeos para engajar seu público (e potenciais leads) nas redes sociais – e também no Youtube.

Preparado? Vamos começar!

1) Levante a curiosidade do público

Levantar a curiosidade e o desejo das pessoas pode ser muito mais fácil usando vídeos e breves apresentações. Para fazer isso, você não precisa fazer algo muito grande. Bastam vídeos breves, de menos de dois minutos. Coloque uma ideia central em fotos e em palavras e crie um mini vídeo sobre isso.

Por exemplo, se for apresentar um produto ou serviço, fale dele brevemente e mostre imagens e vídeos que criem curiosidade para a pessoa clicar em seu link e visitar seu site.

Você pode tanto usar filmagens suas quanto banco de imagens e de vídeos para criar seu projeto.

Nesse editor de vídeo, você consegue criar apresentações com formatos semi-prontos, usar vídeos em um banco de mídia e tornar sua estratégia de videomarketing praticamente automática.

2) Eventos ao vivo

As lives e webinars ficaram famosos graças à pandemia do novo coronavírus. Com eles, diversas empresas e profissionais liberais criaram audiências e leads a partir do zero, entregando conteúdo e expertise para seus públicos. E assim, surgiram mais clientes e vendas para as empresas.

Mas note que existe um fato interessante sobre os eventos ao vivo: As plataformas como Youtube costumam dar destaque aos eventos ao vivo.

As páginas iniciais deixam em destaque os eventos, como um convite para o usuário interagir.

No instagram, seus eventos ao vivo ficam na primeira posição na região dos stories para seus seguidores, o que possibilita muito engajamento dos usuários com você.

Quando você está transmitindo um evento ou bate papo ao vivo , você consegue aparecer na Home das pessoas ou no feed de vídeos e eventos que aparecem como sugestões – mesmo se tiver poucos seguidores.

Isso sem falar que é uma oportunidade de ouro para fazer com que pessoas que não te conhecem visitem sua página pela primeira vez.

3) Tutoriais

Não importa em qual rede social você esteja, os tutoriais sempre são acessados por inúmeras pessoas. Eles costumam responder a uma pergunta ou “dor” que as pessoas possuem e acabam encontrando você e seu conteúdo. 

Nessa primeira visita, se encontrarem algo bem elaborado, podem compartilhar para outras pessoas ou até mesmo se tornarem seus clientes.

Esse tipo de estratégia funciona, mas tem que ser recorrente. Você terá de ser lembrado por tirar a dúvida do público quando for o assunto do seu nicho. 

Ou seja, vez ou outra você vai pensar em temas possíveis para desenvolver tutoriais e mini-aulas. Também terá que fazer vídeo com fotos e ilustrações dos temas abordados, de maneira detalhista.

A vantagem é que, se você usar uma boa estratégia de SEO, será encontrado por milhares de usuários. Isso, claro, se estiver usando o Youtube ou um site próprio.

4) Compartilhamento de recortes e “partes de eventos”

Uma produção de conteúdo e de vídeos, sem suporte de uma estratégia de compartilhamento, pode fracassar e não dar resultados.

Por isso, você deve sempre focar uma parte do seu tempo no compartilhamento e divulgação de seus eventos, aulas e webinars.

Note que pessoas que fazem podcasts e vídeos no Youtube costumam criar resenhas e mostram partes dos seus programas completos pelas redes sociais. São vídeos curtos que geram curiosidade, para que o público veja o conteúdo completo – seja um vídeo, blog ou podcast.

5) Cursos e aulas

Indo em uma linha de raciocínio parecida com os tutoriais, esse formato de conteúdo também prende a atenção de muitas pessoas e consegue trazer novos usuários até sua página.

Os cursos conseguem promover sua imagem pessoal de especialista (expert) em um determinado assunto, o que é essencial para pessoas que são autônomas e não representam nenhuma empresa.

Então, foque algo que você seja bom e que tenha desenvoltura para abordar o assunto de maneira mais profunda.

Agora que você escolheu “o quê” será seu curso, vem a parte do “como” fazê-lo.

Cabe a você decidir se é algo postado gratuitamente nas redes sociais ou no Youtube. Ou, ainda, se será um curso privado (Udemy ou hotmart, por exemplo).

No Instagram, os experts publicam vídeos breves, que aos poucos vão se tornando bibliotecas de conhecimento – acessadas no perfil ou página do expert.

Isso faz com que a pessoa que busca sobre um determinado assunto acesse seu perfil ou canal para ver e aprender mais um pouco sobre o assunto de interesse dela.

Para entender melhor sobre a edição e estruturação do seu curso online, leia a parte final deste artigo, que fala sobre uma ferramenta para fazer vídeo com fotos gratuitamente.

6) Vídeo Situacional

Sabe quando você entra no perfil daquele cara que você segue e se depara com um vídeo que ele está filmando em posição de self?

Quando você percebe, aquele vídeo filmado de maneira natural estava falando sobre algo do seu interesse, e você o assistiu por completo.

Pois bem. A estratégia por trás desses vídeos são suas chamadas, sempre com apelo a gatilhos mentais:

“Sabe o que eu estava pensando hoje pessoal…”

“Muita gente me procura para perguntar se o método xyz ainda funciona. Vou explicar para você agora mesmo…”

A probabilidade de você ver até o final, se for seguidor da pessoa, é bem alta.

Outra possibilidade, que demanda observação e oportunidade, são os vídeos a respeito de assuntos recentes e notícias.

Imagine que você e sua página seja a primeira a falar de um lançamento ou de uma notícia “breaking news”. 

Muitas pessoas encontraram sua publicação naturalmente. Por isso, atenção ao título e à descrição de todo material que publica.

7) Entrevistas e parcerias

Fazer parcerias no mundo dos vídeos e nas redes sociais vai ajudar muito sua estratégia de marketing.

Quando você faz parcerias, alcança o público de outras marcas, e tanto você quanto a outra marca crescem mutuamente. 

Por isso, crie entrevistas, bate papos com outros perfis do Instagram ou Youtube e também procure participar dos eventos de outras empresas, que não sejam concorrentes diretos seus.

Qual software usar na hora de fazer os vídeos?

Quando for fazer seus vídeos para redes sociais, use o InVideo para fazer suas apresentações com fotos e imagens chamativas.

A ferramenta é fácil de usar e facilita sua estratégia de marketing e de produção de conteúdo.

    Informativo

    Cadastre-se e receba com exclusividade nossos conteúdos.