Crédito: Pixabay

6 motivos para viajar com seu pet para Monte Verde

29 29-03:00 outubro 29-03:00 2020

Por Maria Beatriz Vaccari

Muitos viajantes adoram se aventurar com seus pets. Segundo um levantamento do site Booking.com, quase dois terços dos brasileiros (65%) que têm um animal de estimação dizem que o bichinho é tão importante quanto um filho. 51% desses brasileiros concordam que a escolha de um destino de viagem depende da possibilidade de levar ou não os animais de estimação junto. Um número ainda maior (59%) diz que estaria disposto a pagar mais por uma acomodação pet-friendly.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas de viagem? Assine nossa newsletter neste link.

A charmosa região de Monte Verde (MG) é uma boa opção para quem não abre mão de levar os bichinhos na viagem. A A Move (Agência de Desenvolvimento de Monte Verde e Região) separou seis bons motivos para conhecer o distrito com os pets.

6 motivos para viajar com seu pet para Monte Verde

1. Hospedagens pet-friendly

Monte Verde tem 14 estabelecimentos de hospedagem que aceitam pets: Chalés Leopoldo, Chalés Tucano, Estalagem Mandeville, Fazenda Hotel Itapuá, Grunwald Chalés, Hotel Porthal das Videiras, Hotel Saint Michel, Pousada Ahavanoah, Pousada Bramasole, Pousada Regina, Pousada Ricanto Amore Mio, Pousada São Luiz e Roots Resort. Cada um deles tem regras específicas que podem ser consultadas nos seus respectivos sites.

2. Restaurantes

O destaque é a Confraria Paulistânia, que possui um cardápio com pratos feitos especialmente para cachorros, além de contar com um ambiente especial com puffs para os bichinhos ficarem à vontade. Outros restaurantes do distrito que também aceitam os pets com algumas restrições são: Rasselbock (mesas específicas), Villa Amarela (mesas específicas), Villa Donna (somente na área externa), Lá Pimpolina (mesas específicas), Empório Santa Fé (mesas específicas), Montanhês (deck externo), Gressoney Chocolates (deck externo) e Chocolate Montanhês (área externa).

3. Corredeiras do Itapuá

O caminho passa pela margem do Córrego do Cadete e é formado pela paisagem exuberante da mata nativa da região. Ao longo desta trilha há diversas entradas que levam até a margem do rio. Através delas, é possível ter uma visão privilegiada das cachoeiras. É um lugar incrível para passear com o pet, que pode até se refrescar com as águas do córrego.

4. Trilhas

A Trilha da Pedra Redonda também é um ótimo atrativo para se divertir com os animais. Ela oferece baixo grau de dificuldade em comparação com as outras e, no meio do caminho, há um mirante com uma vista espetacular. O acesso, porém, só é permitido com a contratação de agência de passeio. Já a Trilha do Pinheiro Velho leva esse nome por possuir o maior exemplar da espécie na região. O pinheiro da trilha tem, aproximadamente, 500 anos e cerca de 1,70 m de diâmetro – para abraçá-lo são necessárias, pelo menos, três pessoas. Na trilha há muitas surpresas da natureza, desde esquilos da espécie “serelepe” (roedor que mede cerca de 30 cm e se alimenta de frutos e sementes duras) até uma nascente de água potável para se refrescar.

5. Agências com passeios para fazer junto com o pet

Quase 20 agências do distrito levam o seu pet para passear junto com você, permitindo a realização de diversas atividades radicais com os bichos: Irmãos Aventura, Quadriventure, Nossa Viagem, Esquadrão da Lama, Pôr do Sol, Cia 4×4, Ecoventura, Multisport Mantiqueira, Ronaldo Passeios, Lino Tour, Mendes Passeio, Off Road Fora da Estrada, Trip 4×4, Quadriextreme, Roteiro Serras Verdes, Locadora Vaz, Mountain Adventure MV, Trip Experience e Mountain Adventure.

6. Boutique pet

Também é possível aproveitar o passeio para fazer compras para o seu pet e deixá-lo quentinho no clima frio de Monte Verde. O distrito abriga a boutique Guille Pet, que vende diferentes acessórios e produtos para animais de estimação.

LEIA MAIS: MONTE VERDE É UM DOS 5 DESTINOS MAIS DESEJADOS POR BRASILEIROS NO MOMENTO
VIAJE DE CARRO: CONHEÇA AS ATRAÇÕES DE INVERNO EM MONTE VERDE

Destinos nacionais que são um espetáculo da natureza

Na galeria, conheça destinos nacionais perfeitos para se conectar com a natureza.

  • Apesar de não ser um ponto turístico 100% brasileiro (fica na fronteira entre Brasil, Argentina e Paraguai), as Cataratas do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR), são uma ótima opção para quem quer conhecer cenários naturais belíssimos sem sair do país
  • Crédito: Pixabay
    Foz do Iguaçu (PR)
  • Crédito: Pixabay
    Foz do Iguaçu (PR)
  • Crédito: Ana_Cotta via Visualhunt / CC BY
    A cerca de 260 km de Brasília (DF), a Chapada dos Veadeiros (GO) ostenta belas cachoeiras, paredões de pedra e rios cristalinos. O local é tão impressionante que foi eleito Sitio do Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco
  • Crédito: Pixabay
    Chapada dos Veadeiros (GO)
  • Chapada dos Veadeiros (GO)
  • A Gruta do Lago Azul é uma das principais atrações de Bonito (MS). No geral, o destino é perfeito para a galera mais radical e para o pessoal que quer mergulhar com vários peixinhos
  • Crédito: comicpie on Visualhunt / CC BY
    Gruta do Lago Azul, Bonito (MS)
  • Gruta do Lago Azul, Bonito (MS)
  • Além de ser bem bonita, a Praia do Forte, na Bahia, é palco de um lindo espetáculo da natureza. É lá que fica o Projeto Tamar, que busca proteger diferentes espécies de tartarugas marinhas. Durante determinadas épocas do ano, é possível acompanhar o nascimento dos filhotes, que já saem dos ovos correndo em direção ao mar
  • Praia do Forte (BA)
  • Praia do Forte (BA)
  • Apelidada de "Caribe Brasileiro", a região de Arraial do Cabo (RJ) está na moda. É impossível não se encantar com a natureza preservada e com a tonalidade clarinha das águas
  • Crédito: Pixabay
    Arraial do Cabo (RJ)
  • Arraial do Cabo (RJ)
  • As piscinas naturais de Maragogi (AL) também são ótimas opções para quem procura curtir as belezas naturais da região Nordeste. O destino entre Maceió (AL) e Recife (PE) faz parte da área de proteção ambiental Costa dos Corais
  • Crédito: Pixabay
    Maragogi (AL)
  • Crédito: Pixabay
    Maragogi (AL)
  • Os Lençóis Maranhenses (MA) são uns dos muitos tesouros naturais do Nordeste brasileiro. As dunas do local são criadas pela força do vento, que muda a aparência da paisagem com frequência. Além disso, é possível encontrar algumas lagoas no meio do "deserto"
  • Crédito: Pixabay
    Lençóis Maranhenses (MA)
  • Lençóis Maranhenses (MA)
  • O arquipélago de Fernando de Noronha (PE) está imerso em uma área de proteção ambiental. Para não comprometer os belíssimos visuais da natureza e a fauna local, os viajantes devem seguir uma série de regras ligadas e até pagar taxas ligadas à preservação do meio ambiente
  • Crédito: Pixabay
    Fernando de Noronha (PE)
  • Crédito: Pixabay
    Fernando de Noronha (PE)
  • As região serrana protegida pelo Parque Nacional da Chapada Diamantina (BA) é ideal para os viajantes que gostam de fazer trilhas e curtir cenários incríveis. É possível encontrar grutas, lagoas, vales e até cachoeiras
  • Crédito: Pixabay
    Chapada Diamantina (BA)
  • Cachoeira da Fumaçinha, Chapada Diamantina (BA)