Crédito: VisualHunt.com

Confira 5 motivos para viajar de férias para a China

22 de abril de 2018

Por Leo Alves

Poucos viajantes pensam em conhecer a China, mas o país asiático conta com diversas particularidades interessantes para quem está atrás de um período de férias original. Tanto para os que preferem apreciar lindas paisagens quanto para aqueles que gostam mais das grandes metrópoles, o destino reserva altas surpresas.

Confira a seguir cinco bons motivos para visitar a China e entender melhor como funciona a cultura de seus habitantes.

5 motivos para conhecer a China

1) Belas paisagens

Por ser um dos maiores países do mundo, a China tem belas e variadas paisagens. Desertos, cachoeiras, cordilheiras montanhosas, lagos e uma natureza impecável com flores coloridas se descortinam pelo país.

A cidade de Hangzhou é famosa pelas vistas deslumbrantes do Lago Oeste. Já Harbin é conhecida como a “cidade de gelo”. Hainan, por sua vez, reúne algumas das praias mais cobiçadas do Oriente. O local é comparado até mesmo com o Havaí.

2) Gastronomia diferenciada

O país é conhecido pelos famosos chás e por ter uma cozinha diferenciada e saborosa. Conhecer a China é uma boa chance para experimentar o mais tradicional chá chinês em locais como a Mi Xun Teahouse, localizada dentro do hotel The Temple House, em Chegdu.

LEIA MAIS: DICAS PARA CURTIR PEQUIM E A MURALHA DA CHINA
CHINA INAUGURA TREM DIRETO PARA LONDRES

A gastronomia varia muito de acordo com a região. Para quem busca uma experiência única, vale conhecer o restaurante Feast, que fica dentro do EAST, Hong Kong. A filosofia por lá é: “coisas simples, porém bem feitas”, o que permite aos comensais saborear uma excelente seleção de comidas deliciosas com especialidades asiáticas e ocidental.

3) Arquitetura, cultura e história

A cultura local é rica e os chineses gostam de mostrar isso em cada detalhe. Até mesmo na arquitetura. O hotel The Upper House, em Hong Kong, por exemplo, foi projetado pelo célebre arquiteto chinês Andre Fu. Os quartos são relaxantes retiros urbanos com luz natural e têm vista privilegiada para a cidade.

Outro hotel que tem assinatura de arquiteto renomado é o The Opposite House, em Pequim. Ele foi projetado por Kengo Kuma, o mesmo que desenhou a badalada Japan House, em São Paulo. O hotel tem estilo contemporâneo e decoração tradicional chinesa.

4) Modernidade e tecnologia

Modernidade e antiguidade se cruzam o tempo todo na China. A cidade de Xangai simboliza o país futurista, com um famoso skyline com grandes prédios espetando o céu. O avanço tecnológico pode ser visto em muitos hotéis da região, acostumados a receber estrangeiros.

Há acomodações high tech também em outras partes do país, munidas de conectividade audiovisual múltipla, acesso à internet de altíssima velocidade e gadgets para controle de luminosidade e autoatendimento. Um exemplo é o The Upper House, em Hong Kong.

5) Compras e produtos exclusivos

A China produz uma ampla variedade de produtos, que são exportados para todo o mundo. É um dos melhores destinos do planeta para quem deseja comprar sedas finas, requintados jogos de chá, chás envelhecidos, objetos com caligrafia chinesa, cestas de bambu e muitos outros itens feitos à mão, que são muito valiosos e raramente cruzam fronteiras.